Hoje é 22/09/20 - Dia da Juventude; Dia do Amante; Dia do Contador; Dia Mundial de Combate ao Mau Hálito; Início da Primavera;


26/05/2020
Os 5 níveis de progresso do trabalho remoto

Diante desse quadro de incertezas e desconforto, as organizações deverão se atentar ao desenvolvimento do home office para assegurar bons resultados. Conheça a seguir os 5 níveis de progresso do trabalho remoto.

NÍVEL 1

O primeiro nível de progresso do trabalho remoto é o da mudança inicial.

Neste momento, o TI analisa ferramentas de videoconferência, conversas on-line, troca de arquivos, dentre outras necessidades, para avaliar funcionalidade e segurança de dados.

NÍVEL 2

O segundo nível de progresso do trabalho remoto é o que repensa sua política de funcionamento.

Em outras palavras, para assegurar o desenvolvimento do negócio e proteger a sua sobrevivência, não basta reproduzir o modelo usado em escritório. Toda disposição e organização de trabalho deverá ser recriada. Será preciso que os gestores e a equipe de TI implementem soluções como: de comunicação que garantam a segurança de dados, organização de informações e praticidade; gestão de pessoas, que reestruture as políticas de Recursos Humanos (contratos, carga horária, clima e cultura organizacional, bem-estar da força de trabalho, benefícios, salários, etc); de homologação de fornecedores e processos de compras 100% digitais de treinamentos para evitar erros operacionais e otimizar o tempo de trabalho; de tecnologia de informação, com o emprego de softwares e hardwares mais modernos que atendam as necessidades da organização e permitam que trabalho seja feito integralmente em nuvem (a presença física se torna uma necessidade superada).

NÍVEL 3

Com a “casa arrumada”, começa o terceiro nível de progresso do trabalho remoto.

Nesta etapa, processos tecnológicos mais sofisticados são estruturados para sustentar as interações da organização. Assim, a TI traze mais objetividade e produtividade aos setores, evitando ruídos de comunicação e falhas operacionais.

NÍVEL 4

A tomada de decisões é facilitada no nível 4.

Nesta etapa, a definição de prioridade dos processos é favorecido porque o urgente é separado do importante. As decisões são analisadas de forma mais estratégica para os interesses do negócio. Os colaboradores passam a se focar no que realmente é essencial, dedicando sua atenção e esforços com mais inteligência.

NÍVEL 5

Por fim, o nível “Nirvana” é conquistado.

Nesta etapa, o rendimento do time remoto é superior ao time presencial. Pesquisas apontam que mesmo após o fim da pandemia, muitos colaboradores permanecerão em home office. Por isso, a conquista do nível cinco de progresso do trabalho remoto é indispensável para o futuro da organização.

Referência

https://blogbrasil.comstor.com/home-office-conheca-os-5-niveis-de-progresso-do-trabalho-remoto