Hoje é 17/04/14 - Dia da Botânica; Dia das Lutas Camponesas;

Costelão 12 horas

31/07/2007

Pergunte para um gaúcho qual é o melhor tipo de churrasco que há, em 70% dos casos ele dirá que é o churrasco de costela. Sério. O pessoal aqui adora esse corte e, pensando bem, churrasco sem costela é como feijoada sem linguicinha

Dentre as formas de fazer costela, a mais adorada, amada e alcóolatra é o costelão 12 horas, mas nem todo mundo sabe fazer. Sendo assim, vamos à receita:

  1. a compra da carne, do carvão e do sal grosso
    Sim, escolher a carne é importante. Vá no açougue e peça uma costela inteira, daquelas de 8 quilos. A chance da peça inteira ser velha ou inadequada é relativamente pequena, lembre-se, quanto mais rosada estiver a carne mais fresca ela se encontra.
    Peça para o açogueiro cortar fora a parte mais grossa da costela, isso vai facilitar em muito as etapas posteriores.
    Compre dois ou três sacos de carvão ou arranje toras grossas de lenha. O fogo precisa manter-se aceso durante muitas horas.
  2. convidar os amigos
    Um costelão de 8 quilos basta para oito pessoas. A costela se reduz muito então é isso aí mesmo. Não espere um rendimento maior, a não ser que você convide o Chuck Norris.
  3. comprar a cerveja
    São 12 horas no fogo, portanto faça as contas.
  4. faça o fogo
    Coloque meio saco de carvão e acenda.
  5. espete e salgue a costela
    Use dois ou três espetos fortes. Deixe-os bem firmes, pois a carne vai trabalhar muito durante o assamento. Uma grelha grande e confiável substitui os espetos.
    Depois de espetada jogue sal grosso em cima da carne. Gaste um quilo de sal aqui.
  6. mantenha o fogo baixo
    Coloque a costela no fogo com o osso para baixo. Mantenha assim por 10 horas. Aproveite esse período para embebedar-se duas vezes. O fogo deve estar sempre baixo, portanto vá colocando mais carvão manualmente. Após 11 horas de fogo vire a costela.
  7. cure a bebedeira comendo
    Bata a costela para tirar o excesso de sal e sirva ela inteira em uma tábua de churrasco. Bon apetit.

Fonte: Homem na cozinha